Exploração das vias lacrimais - COErio

As vias lacrimais são compostas pelos pontos superior e inferior, e a exploração das vias lacrimais permite ao médico saber se há obstrução e em qual nível do canal está o problema. Em caso de alteração na produção ou drenagem das lagrimas, podem surgir alguns sintomas dentre eles: presença de secreção nos olhos e sensação de olho seco, embaçamento visual e lacrimejamento excessivo.

O COE-Rio realiza dois testes para analisar as vias lacrimais:

O primeiro é a sondagem e irrigação das vias lacrimais, usado para determinar o local exato da obstrução. Para a realização da sondagem lacrimal, dilata-se o ponto lacrimal (orifício do canal lacrimal) inferior e/ou superior, introduz-se uma sonda metálica através do respectivo canalículo até ao saco lacrimal e empurra-se a sonda até à fossa nasal. Para finalizar, realiza-se uma irrigação da via lacrimal com um corante cuja passagem pode ser testemunhada por aspiração da fossa nasal.

A sondagem lacrimal é o tratamento indicado para a obstrução nasolacrimal congênita que é a alteração mais frequente do sistema lacrimal em crianças.

O segundo é a cintilografia das vias lacrimais, que consiste na imagem das vias lacrimais através de um contraste, para identificar com precisão o grau de obstrução parcial ou total da via lacrimal.

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?