Estereofoto de papila - COErio

Registro fotográfico de alterações de disco óptico ou papila. As fotografias são realizadas com luz branca intensa, para registrar forma, contornos, relevo, tamanho, coloração e escavação do disco óptico.

No COE-Rio o registro é feito de forma digital e em filme fotográfico com grande aumento para evidenciar os detalhes do disco óptico e suas possíveis alterações. O registro digital permite a medição das alterações, e o registro em filme fotográfico consiste de duas fotografias contíguas da região do disco óptico, que, depois de reveladas mostra a papila em aspecto tridimensional.

Geralmente, este exame é solicitado para acompanhar a estabilização, repressão ou evolução das alterações do disco óptico.

O exame é realizado com frequência em pacientes com hipertensão ocular, glaucoma, edema de papila, neurite óptica, pseudopapiledema, neurite óptica e tumores metastáticos do nervo óptico.

Orientações:

Presença de acompanhante adulto devido à dilatação da pupila.

Durante o exame, são realizadas fotografias repetidas do fundo de olho que utilizam flash, e podem causar desconforto e fotofobia temporária.

Não há a necessidade de suspensão de qualquer medicação e/ou de colírios.

Hsites, Especializados em Web para a área Médica

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?